Campanha estimula valorização do turismo interno após pandemia

Publicidade

O trabalho voltado à preservação do potencial econômico do turismo ganha reforços. A Confederação Nacional de Municípios (CNM) lança nesta quinta-feira (16.04) uma campanha para que prefeitos, empresários e entidades do setor estimulem a valorização do mercado nacional quando o país voltar à normalidade. Intitulada ‘Municípios juntos pelo Turismo’, a ação busca definir um plano estratégico focado na retomada de atividades de lazer e eventos.

A campanha também prevê o incentivo à remarcação de viagens e realizações contratadas antes do surgimento do novo coronavírus, como forma de contribuir com as economias locais e a manutenção de empregos. De olho na demanda futura, o projeto envolve ainda a divulgação de atrativos e de espaços de eventos, além de destacar a importância de investimentos públicos em infraestrutura e promoção e da atuação da iniciativa privada 

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, elogia a iniciativa da CNM e comemora a união de forças pela superação de dificuldades. “Além de todas as medidas que estamos adotando para permitir a sobrevivência do setor, estamos fortemente empenhados em definir estratégias que permitam ao país continuar aproveitando ao máximo todo o nosso potencial. E, nesse sentido, a valorização do turismo interno certamente será um pilar vital nesse processo”, observa. 

A campanha também engloba a realização de videoconferências semanais, a oferta de materiais de orientação e de vídeos promocionais. O presidente da CNM, Glademir Aroldi, destaca a relevância do turismo para a recuperação econômica do país. “O turismo representa um dos principais condutores de desenvolvimento sustentável de uma cidade. É uma forma de alavancar receitas e diminuir as dificuldades enfrentadas pela gestão municipal”, justifica.

O primeiro bate-papo virtual organizado pela CNM vai ocorrer já nesta quinta-feira, às 16h, quando serão debatidas medidas para auxiliar municípios e o plano de retomada do turismo. A transmissão (clique aqui para acompanhar) contará com a participação de Ângelo Sanches, secretário de Turismo e Cultura de Canela (RS); de Mário Nascimento, consultor da CNM, e de Marta Feitosa e Mônica Costa, analistas técnicas da entidade.

APOIO AO SETOR – Em contato com representantes do trade turístico e de outros órgãos do governo federal, o Ministério do Turismo já adota várias iniciativas no sentido de atenuar impactos do novo coronavírus. A Pasta desenvolve, por exemplo, a campanha ‘Não cancele, remarque!’, que incentiva o adiamento de viagens, pacotes e eventos culturais contratados, a fim de reforçar a manutenção de negócios e postos de trabalho na área.

O MTur também facilitou empréstimos do Fundo Geral de Turismo (Fungetur), além de ter agilizado a destinação de R$ 381 milhões a novos financiamentos. Em conjunto com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, o órgão elaborou ainda Medida Provisória que regula cancelamentos e remarcações nos ramos turístico e cultural. Outra MP sugerida pela Pasta permite a empresas flexibilizar salários e jornadas, mediante o pagamento de seguro-desemprego e FGTS.

Fonte: Ministério do Turismo