“Dia Estadual do Monge João Maria” é aprovado pela Assembleia Legislativa

Publicidade

Proposta do deputado Douglas Fabrício incentiva turismo religioso e ambiental

Projeto de lei que valoriza o turismo no estado do Paraná de autoria do deputado Douglas Fabrício (PPS) foi aprovado pela Assembleia Legislativa do Paraná, em primeira discussão, nesta terça-feira (21 de agosto). Sua proposta institui o “Dia Estadual do Monge João Maria”, que será comemorado no dia 27 de março.

A data comemorativa tem um grande apelo religioso e envolve a fé popular. Vale recordar que o Monge João Maria adquiriu destaque ao percorrer o estado oferecendo palavras de fé, esperança e assistência espiritual e médica, com suas receitas de chás de ervas, a um povo humilde. O cultuado monge marcou presença na época da Revolução Federalista (1866 a 1908) e tem seguidores até hoje, principalmente na área rural.

“A criação de uma data, que comemora a passagem deste personagem místico no Paraná, atende um anseio de nossa população, especialmente a mais humilde, além de oportunizar ao nosso turismo a programação de eventos simultâneos em vários municípios”, argumenta o deputado estadual Douglas Fabrício.

Segundo o parlamentar, foi sugerido o dia 27 de março porque o assunto foi tratado pela primeira vez nesta data em evento público coordenado pela Paraná Turismo em 2015, com a participação de representantes dos Campos Gerais no município de Tibagi. Nesta época, Douglas Fabrício era o secretário do Esporte e Turismo do Paraná.

“Segundo os estudos desenvolvidos pela Paraná Turismo temos, até o momento, 49 municípios envolvidos com a história do monge João Maria”, diz Douglas.

Uma das principais atrações turísticas é uma unidade de conservação que tem como principal ponto a Gruta do Monge, localizada no município da Lapa.

O parque possui uma área total de 371,6 hectares, englobando vegetação remanescente da mata atlântica, sendo atração ecológica além de religiosa.

Na Gruta do Monge existe a concentração de peregrinações religiosas promovidas por romeiros de várias partes do Brasil. A comunidade local também realiza diversos eventos durante o ano, como procissões.