Hotéis de Maringá reabrem com expectativa de aumento na ocupação

Publicidade
Alguns hotéis de Maringá, no interior paranaense, voltaram a funcionar terça-feira (27) depois de quase 30 dias com as portas fechadas. Novamente disponível para hóspedes, os meios de hospedagem da cidade reabrem com expectativa de boa ocupação levando em conta o retorno gradativo das atividades econômicas nas cidades da região.

Segundo o gerente comercial do Hotel Golden Ingá, filiado ao Maringá e Região Convention & Visitors Bureau, Cláudio Crepaldi (VP para assuntos de Captação de Recursos), a maior parte dos hóspedes é oriundo dos grandes centros. “A maioria dos nossos clientes vem de Curitiba e São Paulo, esperamos que esses lugares liberarem as atividades logo para que nossa demanda aumente”, disse.

O Hotel Avalon, também filiado ao Convention, reabriu nesta segunda (27) e, segundo o gerente do hotel, Erasmo Ramos, foi um primeiro dia difícil. “Poucos hóspedes, pouca procura. É um cenário complicado. Vamos ver como será aqui para frente”, comentou.

No ultimo dia 22, o Prefeito de Maringá, Ulisses Maia, assinou um decreto liberando o retorno das atividades do setor com mais rigor às medidas de precaução.

Os hotéis Deville Business Maringá, Sleep Inn, Nobile Suítes Maringá, Ibis Budget, Ibis Maringá e Metrópole Maringá já informaram que só retornarão as atividades a partir de junho. O Hotel Gaph informou que não tem previsão de retorno por enquanto.