Iguaraçu e os cuidados durante a Pandemia

Publicidade

Iguaraçu é sede de vários atrativos turísticos, uma força sem tamanha que contribui, e muito, para o turismo regional. Não diferente de outros municípios, que estão tomando medidas durante a COVID-19, Iguaraçu abre os braços para ações que possam amenizar os impactos da população durante a quarentena.

Prova disso são as aulas por vídeo que acontecem diariamente, onde professores e alunos se conectam e resgatam movimentos artísticos, como do break e ballet. “Na área de Cultura encontramos essa forma de vídeo aula, com tarefas para driblar o comodismo e tentar manter alunos e familiares motivados”, explica Rosiléia de Fátima da Silva, secretária de Cultura e Turismo de Iguaraçu.

De acordo com o Prefeito Manoel Abrantes Neto, as atividades da área da educação, cultura, turismo e esporte se mantêm suspensas por tempo indeterminado. “Estamos passando por uma situação inédita. Acredito que se seguirmos as orientações dadas pelos profissionais da saúde, e se todos numa ação conjunta continuarem repassando essas orientações, é só uma questão de tempo para que possamos iniciar uma nova fase no turismo, para podermos voltar a usufruir dele, mas de uma forma mais experiente, amadurecida e mais desenvolvida, com mais responsabilidade também”, afirma Rosiléia.

Até o início desta semana, nenhum caso de coronavírus foi confirmado pela Secretaria de Saúde do município.

Conheça Iguaraçu

As empresas empregadoras da cidade são o Residencial Alphaville, Mineradora Safira, Laticínio Maranata e Ody Park Resort Aquático, que oferece a maior piscina de ondas do Sul do Brasil. Além de ser o mais completo parque aquático da região, com confortáveis unidades de hospedagem. O município também é reconhecido pelas dezenas de cachoeiras, localizadas em fazendas particulares. Um cenário peculiar pronto para voltar à ativa, após a Pandemia.