MTur credencia 43 agências de viagens para receber turistas chineses

Publicidade

Mais de 400 agências de Turismo do País se credenciaram junto ao Ministério do Turismo (MTur) para receber grupos de turistas chineses em visita ao Brasil. No ano passado, 295 agências brasileiras haviam sido habilitadas. Houve, portanto, um crescimento de 46% em comparação com o último Processo de Credenciamento de Agências de Turismo.

A relação completa com as 430 agências credenciadas neste ano foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (21.12) e pode ser conferida AQUI. A maior parte das agências inscritas é de São Paulo (124), seguida do Rio de Janeiro (84), Minas Gerais (28), Distrito Federal (22) e Paraná (22). Ao todo, 21 Estados e o DF possuem, ao menos, uma agência de turismo credenciada.
A China é um dos principais emissores de turistas para o mundo: cerca de 150 milhões de chineses viajam anualmente ao Exterior. Contudo, pouco mais de 60 mil (0,05%) têm como destino o Brasil, principalmente para negócios.

Agora, o Ministério do Turismo encaminhará a relação das agências credenciadas para as autoridades chinesas e para a Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo (Embratur). O MTur receberá da Embaixada da China a lista das agências de viagens chinesas autorizadas a organizar o turismo emissivo de grupos para o Brasil.

O cadastro das agências junto ao órgão brasileiro de Turismo faz parte de um acordo (Status de Destino Aprovado – ADS) assinado entre Brasil e China em 2004, cujo objetivo principal é o de fomentar o fluxo de turistas entre os dois países.

O processo de credenciamento foi realizado por meio de chamada pública entre os dias 5 de novembro e 13 de dezembro. Para participar do processo, as agências deviam estar regularizadas junto ao Cadastur – cadastro nacional de empresas e profissionais que atuam no setor de Turismo –, declararem ciência dos termos do acordo assinado entre as duas nações e aceitarem o Termo de Responsabilidade contido no edital.

Qualificação

O Ministério do Turismo e a Embratur devem promover uma série de atividades de capacitação para agências de viagens brasileiras interessadas em atuar no receptivo de turistas chineses. Assim, em preparação para a retomada das viagens internacionais, o primeiro webinário, com foco na capacitação das agências selecionadas pela chamada pública, deve ocorrer ainda no início de 2021.

Também estão previstos, ao longo do próximo ano, outros cursos com foco no mercado chinês de turismo, orientando agências brasileiras em relação às peculiaridades do viajante da China, como língua, costumes e preferências, bem como ações de promoção do Brasil naquele país.