Maringá

Publicidade

Maringá é uma cidade de economia diversificada, de um povo empreendedor que atua incansavelmente no desenvolvimento e na manutenção da qualidade de vida que ela proporciona aos seus moradores e encanta a todos que aqui chegam.

Os traços cortando as ruas no entorno das nascentes, as reservas de mata nativa que a fazem uma cidade diferente, sua gente hospitaleira e dinâmica, essa é Maringá. Cidade onde os pioneiros chegaram com um sonho a realizar, e as gerações seguintes não deixam de participar e partilhar deste sonho.

Com urbanismo inovador, sua área urbana possui farta arborização, sendo uma árvore para cada quatro habitantes, totalizando uma média de 55m² de área verde por habitante. Maringá é uma cidade progressista, boa para trabalhar e fazer negócios. E para quem não tem o privilégio de viver aqui, uma cidade que vale a pena conhecer.

Com praticamente 420 mil habitantes, Maringá é uma das poucas cidades do Brasil que consegue conciliar crescimento econômico e preservação ambiental. Planejada, com avenidas largas, ampla área verde e excelente nível de qualidade de vida, a cidade encanta quem a visita.

A mistura das colônias japonesa, alemã, árabe, portuguesa e italiana transformou a cidade numa pluralidade de culturas, com destaque para seus folclores e tradições.

Realizada no mês de maio, a Expoingá é uma feira agropecuária, industrial e comercial que atrai centenas de milhares de pessoas com shows musicais, rodeio e, é claro, fomenta o turismo de negócios.

A gastronomia da cidade é bastante diversificada. Além de excelentes restaurantes de alta gastronomia, o “Cachorrão” é um cachorro-quente prensado que tem a cara de Maringá. O que mais chama a atenção no preparo do lanche é a criatividade, pois, além de salsichas, ainda pode levar linguiças e carne moída. O que importa é garantir a satisfação de quem o experimenta.

Por ser uma cidade planejada e bem estruturada, Maringá oferece boas opções de hospedagem aos viajantes, entre hotéis e pousadas, a maioria na área central. Mas há também opções mais econômicas nas zonas residenciais. Conheça: http://www2.maringa.pr.gov.br/turismo/?cod=guia-do-turista#)

Conheça um pouco da história da cidade: http://www2.maringa.pr.gov.br/turismo/?cod=nossa-cidade/2

 

Dicas

Catedral Basílica Menor Nossa Senhora da Glória

Inspirada no satélite soviético Sputnik, a catedral é representada por uma estrutura cônica que aponta para o céu. Atualmente, é o 10º monumento religioso mais alto do mundo e o primeiro da América do Sul.

Parque do Ingá

Com uma área de cerca de 47 hectares, este parque municipal reúne as funções de lazer, de centro de pesquisa e prática de educação ambiental. Possui no seu interior um grande lago artificial com pedalinhos, zoológico com exposição de animais da fauna regional, parque infantil, pista de 3 km para cooper e caminhadas, quiosque e lanchonete. Horário de Visitação de terça a domingo das 8h às 17h.

Parque Alfredo Nyffeler

Criado para revitalizar uma área degradada e proteger a nascente do Ribeirão Morangueiro, o parque conta com um lago artificial, dois campos de futebol suíço, parque infantil, mirante e pista de caminhada e corrida. Horário de Visitação de terça a domingo das 8h às 17h.

Parque do Japão

Com área de 100 mil metros quadrados, onde funciona um complexo turístico, cultural e esportivo, com um modelo de Casa de Chá tipicamente japonês, Ginásio de Esportes, Teatro, Sala de eventos e um Jardim Imperial Japonês.(44) 3901.1937

Mesquita Muçulmana Sheique Mohamed Ben Nasser Al Ubudi

Com arquitetura de característica clássica de um templo islâmico, onde se destaca o Minarete, pequena torre de três ou quatro andares e balcões salientes de onde se anuncia aos muçulmanos  o horário da oração. Teve sua pedra fundamental lançada em novembro de 1982, sendo inaugurada oficialmente em outubro de 1989. As visitas precisam ser agendadas (44)3224.5786

Templo Budista Jodoshu Nippakuji

A construção é de 1983 e retrata fielmente um verdadeiro templo oriental budista. Em seu interior, cheio de minúcias, uma particularidade chama a atenção, o altar feito em peroba, cuja construção usa apenas a técnica de encaixe, sem uso de prego ou parafusos. No jardim externo um sino de 900 kilos chama atenção. As visitas precisam ser agendadas (44) 3223.1195

Capela Santa Cruz

Foi a primeira igreja a ser construída na área urbana, sendo inaugurada em 1946. Restaurada e Tombada pelo Patrimônio Histórico Municipal. No seu Interior encontram-se quadros e imagens sacras (algumas vindas da Espanha). Visitas agendadas:(44) 3225-8628

Santuário Nossa Senhora de Fátima

Única gruta subterrânea de Maringá guarda telas, imagens e materiais utilizados na construção do local, oriundos de Portugal e Japão, o que fazem do local mais um ponto turístico da cidade. Representa a presença cristã no Oriente e por sua vez, a forte influência do povo japonês em Maringá. Visitação de terça a sexta, das 13h30 às 19h. aos sábados e domingos, os horários são das 8 às 11h e das 14 às 19h.

Santuário Santa Rita de Cássia

É um dos quatro Santuários em Louvor a Santa Rita no Paraná. Tem uma gruta toda em vitrais que retrata a história da Santa.

Capela Madre Paulina

Construída em alvenaria, compila em seu projeto arquitetônico estilo americano na parte externa e europeu na interna. Foi inaugurada em 1998 com capacidade para 80 pessoas sentadas. A capela foi doada pelo engenheiro Dr. Vacerlei Just. As visitas precisam ser agendadas (44) 3227.4559.

Monumento ao Desbravador

Popularmente chamado de Peladão- Foi esculpido por Henrique Aragão que diz retratar na nudez da estátua, a simplicidade do pioneiro que ali chegou sem nada e construiu a bela cidade que é hoje Maringá. Com suas mãos estendidas para o alto, quer alcançar o infinito ou o céu de onde todo o homem procede. Situa-se na Praça Sete de Setembro.

Mural Artístico Eder Portalha

Éder Portalha e seu filho, no ano de 2000, confeccionaram um painel em alto relevo, com 212,50 metros quadrados, utilizando apenas areia, cimento e cola. O mural mostra a evolução da colonização de Maringá por meio de ilustrações como: derrubada da mata, colheita do café, uso do pilão, o trabalho do ferreiro, meios de transporte, tipos de moradia, até o símbolo da cidade – a Catedral.

Obelisco dos Artistas

Inaugurado em 1987, o obelisco com arquitetura ousada e moderna em formato de escorpião, tem como curiosidade na sua posição, a qual, aponta para o topo da cruz da Catedral, indicando exatamente a Cruz.

Museu Interdinâmico-MUDI

Localizado no campus da UEM, o MUDI é o segundo maior museu de ciências da região sul do país e o maior do Paraná, em área de exposições e número de visitantes. Estão disponíveis experimentos interativos, exposições científicas e culturais, além de laboratório de pesquisas em diversos níveis acadêmicos. (44)3011.4930

Museu do UniCesumar

Composto por três unidades: a Casa do Pioneiro, uma tulha antiga de café e o Museu Interativo, onde estão vídeos, imagens digitais e um cinema em 4 dimensões, mostrando a cidade desde os anos de 1930 (início da colonização) aos dias atuais.

A Casa do Pioneiro é uma construção original do ano de 1953, que foi remontada no campus e preserva peças e utensílios da época da colonização. A Tulha foi  construída originalmente no ano de 1949, na avenida Mauá, e pertencia à companhia Melhoramentos Norte do Paraná desde 1965. Foi instalada no campus com o madeiramento original, em peroba, e relembra a época da cafeicultura.

O Museu conta com 258 peças catalogadas, mais de 4.500 imagens e documentos digitalizados, entre estas, 3.600 só de fotos históricas. As visitas poderão ser feitas das 8h30 às 17h30 de segunda a sexta-feira, fecha para o almoço, entre 12h15 e 14h. Aos sábados, abre das 10h às 16h. Agendamento: (44) 3027.6360

Museu da Bacia do Paraná

Sediado na primeira casa construída em Maringá, em 1946 para ser a residência do administrador da Companhia Melhoramentos Norte do Paraná, a qual foi cedida à Universidade. Conta com uma área de 250 m2. Essa casa foi desmontada de sua localização original e remontada no “Campus da Universidade”, sendo o museu então inaugurado em 14 de abril de 1984. Seu acervo, doado em sua maioria pela Companhia Melhoramentos Norte do Paraná e pela Prefeitura Municipal, consta de fotografias, publicações diversas, fragmentos vegetais e animais, aparelhos e equipamentos topográficos, documentos e utensílios indígenas, entre outros objetos. Tem como objetivo principal o desenvolvimento de pesquisas científicas. A área de abrangência do seu acervo é a da bacia hidrográfica do Rio Paraná, advindo daí a sua denominação.

Fone: (044) 226-4845 – Fax: (044) 226-2169

Mosteiro Nossa Senhora da Redenção

A obra é composta por uma série de construções com um campanário, localizado na entrada da propriedade, capela de reflexões, palco para teatro ao ar livre e casa dos monges, tendo na área central um bosque com imagens onde se destacam a Via-Sacra com as doze passagens de Cristo até o Calvário. Existe ainda no mosteiro a Escada Santa, contendo 28 degraus, sendo uma réplica da venerada em Roma que teria sido por onde subiu e desceu Jesus, na sua condenação, no Tribunal de Pilatos. Localiza-se na Avenida Antonio Ruiz Saldanha – Jardim Industrial.

Parque Internacional de Exposições Francisco Feio Ribeiro

Administrado pela Sociedade Rural de Maringá, abriga uma área de nove alqueires e meio. O Pavilhão Internacional de Exposições com 8.000 m² é a maior arena de Rodeio coberta da América Latina com capacidade de abrigar 20.000 pessoas sentadas. Única arena coberta em um Parque de Exposições (com 105 metros de vão livre e 8.000 m² de área total). Oito pavilhões com capacidade de 100 animais cada

Teatro Regional Calil Hadadd

O Teatro que leva o nome do pioneiro teatrólogo Maringaense Calil Haddad, é o maior teatro do norte do Paraná possui completa infra-estrutura que credencia como um dos melhores do País, com uma área construída de 7.836,95m²

O Foyer Elfrida Wunderlich Biscaia possui dois acessos (principal e secundário), que interligam o Teatro e o Museu. Abriga um painel em mosaico do artista Poty Lazzarotto. Palco alternativo de 49,95m². Auditório Oscar Leandro, seis entradas, duas saídas de emergência, capacidade para 797 pessoas, composto por platéia e palco.

Museu de História e Arte Helenton Borba Cortes

O Museu que está integrado ao Teatro Cilil Haddad,  leva o nome do homem que além de ter sido idealizador, foi também o autor da lei municipal 299, que o instituiu em 1964. Tem em seu acervo peças importantes da história de Maringá, conta com duas salas (inferior e superior) e espaço para exposições no segundo piso.(44)3218.6100

Teatro Barracão

Popularmente chamado de Teatro Barracão, construído em madeira, possuindo uma área de 451m², com capacidade para 300 espectadores. Possui palco italiano com 16 metros de comprimento. Dois camarins, mesa de luz e som, sala para administração e bilheteria.

Teatro Marista

Área construída de 1.517,53m². Tem capacidade para: 911 lugares:

903 cadeiras + 5 sofás (obeso) + 3 lugares para deficentes Físicos.

O Marista oferece a comunidade Maringaense também um Anfiteatro. Um confortável espaço com 260 lugares, adequado para Conferências, Formaturas, Palestras e Etc.

Tel: (44) 3220-4224

Av. Itororó cont., Av. Paraná, 130 – Maringá-PR

Hotel Bandeirantes

Foi inaugurado em setembro de 1956 para oferecer mais conforto aos investidores que vinham em busca de terras. Desde sua inauguração, o Hotel Bandeirantes foi palco de relevantes acontecimentos históricos, entre eles o primeiro Festival de Cinema, ocorrido em 1958. Ele foi tombado pelo como Patrimônio Histórico em 2004. O Hotel fica no Centro de Convivência Comunitário Deputado Renato Celidônio e não á aberto a visitação.

 

 

 

 

Galeria de fotos

Publicidade