Projeto de lei propõe auxilio a guias turísticos do Paraná que ficaram sem renda por causa dos efeitos da pandemia

Publicidade

Um projeto de lei que tramita na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) propõe que o Governo do Estado pague um auxílio de um salário mínimo a guias turísticos do estado que tiveram as atividades afetadas pela pandemia do novo coronavírus.

Segundo a Liga Independente dos Guias de Turismo do Paraná, o setor é um dos mais impactados pelos efeitos da pandemia.

A proposta é que o auxílio seja custeado pelo Fundo Estadual de Combate à Pobreza e pago a cerca de mil profissionais que não têm outra fonte de renda.

O projeto prevê o pagamento do auxílio aos profissionais com cadastros ativos no Ministério do Turismo até março de 2020.

“Nós estamos dependendo da vinda dos turistas, e eles só virão a partir do momento em que houver segurança, na cabeça de todo mundo, que podem viajar. A perspectiva é distante”, afirmou o vice-presidente da entidade que representa os guias, Leandro Murá.

O projeto não tramita em regime de urgência e não tem previsão para ir à votação.